Monday, May 16, 2011

#468



(image by Dan Pham)


Um silêncio inesperado
vem viver em mim
às vésperas do meu aniversário.

Eu me afasto do mundo
deliberadamente
- mas minhas mãos ainda vasculham
o vazio em busca do humano.


O ar frio de junho
entrará pelo meus pulmões
antes de encontrar as velas no bolo
- O que devo pedir?

(Eu só quero
um sonho
que encontre o céu.)


I grow
unplannedly silent
as my birthday approaches.

I've deliberately grown apart
- still I touch the void
in search of human contact.

The cold air of June
will visit my lungs
before it meets the candles
- what should I wish for?

(All I want
a dream which
will meet the sky.)


(posted to One Shot Wednesday)

20 comments:

  1. idem comigo.

    lindo poema!

    beijos

    ReplyDelete
  2. "Unplannedly silent" took me by surprise; a surprise akin to the one our hearts sometimes leaves us with, when we thought we knew them so well.

    "Grown apart" made me laugh. We grow up; all our lives we grow up; also grow apart - I see that now - from the ones we were and the ones we are.

    ReplyDelete
  3. that's all i want, too :)
    also, bonus points for "unplannedly"
    xoxo

    ReplyDelete
  4. vasculhar o que o inesperado silêncio tem pra dizer sempre carrega notícias de renovação - o que é sempre muito bem vindo, em especial na época em que repetimos o próprio nascimento; só não se esqueça que o nó vital em cada um não se toca com as mãos - a não ser quando este nó vital é em nós mesmos, posto que devemos encontrar artimanhas e soluções de atravessar a ponte para que tenhamos enfim a alegria de soprar a vela que iluminava o fim do túnel...

    ReplyDelete
  5. Esse final foi lindo: eu só quero um sonho que encontre o céu.

    Sou sua grande fã.

    Beijos^^

    ReplyDelete
  6. Em buscar o humano, encontrei alguém muito especial, VOCÊ!

    ReplyDelete
  7. Poesia da melhor qualidade.É deste tipo de poesia que gosto, um tanto concisam direta, afável e sobretudo humana.Abraços.

    ReplyDelete
  8. Nesses dias muitas vezes penso que quero que ninguém me encontre.

    ReplyDelete
  9. E o que mais um anjo pode querer além de habitar entre nuvens?
    Abraço!

    ReplyDelete
  10. In June I will blow the candles with you and wish for that dream to never end

    Beautiful Kenia there's a sweetness and a pensiveness as well

    Thanks for the One Shot Submission

    ReplyDelete
  11. may you get all that you wish for...happy early birthday...that second stanza says much...

    ReplyDelete
  12. Been too long since I read your beautiful words--never more solemn and musical than here. The dream is there, but the sky is so bright it can be hard to see. A fine poem.

    ReplyDelete
  13. Kenia sempre criativa e profunda...

    **Amo demais esse seu / nosso espaço :)

    ReplyDelete
  14. I, too, have a birthday fast approaching in June - and isn't it a beautiful month in which to face the implacability of aging?

    ReplyDelete
  15. Happy Birthday =) Beautiful poem!

    ReplyDelete
  16. I share your thoughts on birthdays; but you say it so well with your skilled verse!

    ReplyDelete
  17. your words are striking,
    masterful work.

    ReplyDelete
  18. Nossa Kenia, esse poema é muito eu, sabe? hahaha Gosto de me encontrar em tuas linhas.

    Um beijo!

    ReplyDelete

Deixe suas linhas tortas │Leave your crooked lines│