Friday, July 22, 2011

#492

(image by Carmi)


Se houvesse um poema de esquecer
não seria esse.

Esse é um poema de lembranças
por onde sempre correrão meus dedos

de sonhos enlatados
de olhos fechados
de bolhas de sabão
de ter um coração

num dia de chuva.


If there was a poem to forget
it wouldn't be this one.

This is a poem to remember
its lines will always meet my fingers

a poem
on closing my eyes
and having canned dreams
and soap bubbles
and a heart

on a rainy day.


(Posted to Poets United )

13 comments:

  1. Mesmo os poemas de esquecer fazem-nos lembrar tudo o que ficou nas entrelinhas da nossa mente.

    Coisa bela seus versos, Kenia!

    Beijo.

    ReplyDelete
  2. Passei uma semana me encontrando com temas que resgatam a memória, as lembranças. Como não acredito em acaso, fui ficando no blog! Abraço. Araceli

    ReplyDelete
  3. Delicioso Kenia. Suave, como pede o dia!

    ReplyDelete
  4. This is just beautiful, TRULY beautiful.

    ReplyDelete
  5. Just so refreshing to read - a joyful heart, a love of words!

    ReplyDelete
  6. Gorgeous!

    What a lovely blog. : )

    ReplyDelete
  7. Acho que não há poemas de esquecer. Pois poesia é arte entalhada no coração, vira cicatriz.
    E cicatrizes são permanentes!
    Abraço!

    ReplyDelete
  8. Produção incansável!
    E com a mesma maestria de sempre!

    ReplyDelete

Deixe suas linhas tortas │Leave your crooked lines│