Tuesday, June 8, 2010

#335

(image by A_T_I_S)




Àqueles que ocupam-me
o fígado
e o estômago
está
permanentemente
negado
o visto de entrada
para os meus pulmões,
o meu coração
e a minha cabeça.


Those who dwell in my liver
and stomach
are
permanently
denied the visa to enter
my heart,
head or lungs.

12 comments:

  1. Kenia, prefiro ocupar os olhos e a mente, rs.

    Legal que você acha que pode. Olha, temos uma leitora de Vicosa, ms ela já me escreveu dizendo que poderia ir à Belo, entao nao seria problema prá vcs.
    Olha vou deixar aqui contigo o meu email direto, num outro comentário assim depois o do email vc apaga.

    Vamos conversar por email para nao ficar nada em aberto por aqui.

    Um abraco Georgia

    ReplyDelete
  2. Kenia honey se eu tenho estilo próprio tu tens também, estilo e de sobre, tanto a tua poética em sí como a forma que tu dispõe a arte aqui no teu blog, hoje eu vejo o blog como um forma de arte, pois toda criação, elaboração, planejamento, tudo que fazemos é para causar sensações naquele que vem nos apreciar

    ^^

    kissus

    ReplyDelete
  3. Loved the metaphor you delivered within this poem, keep up the great writing my friend.

    ReplyDelete
  4. Nossa,que beleza! De onde você tirou isso? Da cabeça ou do coração? E se o interpretássemos usando Platão e sobre a diversidade das almas?

    Estava aqui olhando: o arame farpado parece linhas retorcidas que aprisionassem ideogramas. Não é?

    Beijão.

    ReplyDelete
  5. Ainda bem!
    Já pensou se existe cirrose cerebral? rs
    Que desastre!!!

    ReplyDelete
  6. Não tem... é impossível ficar indiferente a versos que saem sim do âmago da poetisa!
    Lindo!
    Adorei!
    ;D

    ReplyDelete
  7. espero entãoestar em um dos outros
    os quais fois negado o visto
    aos primeiros
    ^^

    criativo, inovador.
    a sua cara ;D

    ReplyDelete
  8. "Eu sou o insucesso acadêmico de alguém"??? Posso saber de onde tirou essa??? rsrs

    ReplyDelete
  9. Oi Kenia,

    Poema super bem construído... uma ideia criativa e bem metaforizada... Bj, bj.

    ReplyDelete

Deixe suas linhas tortas │Leave your crooked lines│